Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Farmácia de Plantão: DROGARIA PROGRESSO/ REDE FARMAGENTE,

Lançamento de Plano Diretor define metas para Cordeirópolis

No dia de hoje, 14, a Prefeitura de Cordeirópolis lançou oficialmente o Plano Diretor e de acordo com o prefeito Adina Ortolan, essa iniciativa promete resolver o problema de moradia e desenvolvimento da cidade.
 “Com as mudanças feitas no documento, o município passa a ter mais flexibilidade e possibilidades de crescimento, principalmente no que diz respeito à habitação e à economia. Temos muito trabalho pela frente e com o novo plano diretor temos a abertura definitiva para resolver o problema da moradia e do desenvolvimento em nossa cidade”.
Durante a apresentação do Novo Plano Diretor, o secretário de Obras e Planejamento, Renan Sanches, pontuou quais foram as principais mudanças e explicou como isso irá impulsionar o crescimento do município. “As mudanças ocorreram no setor de desenvolvimento econômico, onde teremos a regularização e a vinda de mais empresas para o município, para vencermos o desemprego, e passam também pela questão da habitação, pois modificamos o tamanho de lotes e criamos algumas áreas especiais de interesse social, com o objetivo de vencermos esse déficit e regularizarmos algumas documentações. Já na parte de infraestrutura, iremos mapear alguns lugares para sabermos quais terão crescimento, tendo como foco a futura represa de Cordeirópolis”, destacou.
Participaram da apresentação autoridades municipais e regionais, além de representantes do setor empresarial e da sociedade civil. A vice-prefeita, Fátima Celin, destacou a participação da população durante as audiências e também do Poder Legislativo. “É muito importante o envolvimento da sociedade de uma forma geral, pois o cidadão é o nosso termômetro e deve estar sempre acompanhando e participando da elaboração das políticas públicas que estão sendo pensadas para a cidade”

Entenda os detalhes do Plano Diretor
Foram muitas discussões, entre audiências públicas realizadas, encontros em bairros do município e reuniões entre as comissões dos vereadores, onde foi aprovado no dia 27 de junho os ajustes do Plano Diretor.
O Plano Diretor foi realizado em 2011 e de acordo com o prefeito as alterações são necessárias para adequar a realidade presente e destravar o que chamam de “engrenagem do desenvolvimento”, para que o município consiga angariar mais empresas, abrir áreas para a instalação de novas moradias e construir uma nova represa. Para que seja colocado em prática todos esses projetos, há a necessidade em alterar alguns dispositivos do Plano Diretor.
De acordo com o secretário Municipal de Obras, Renan Sanches, foram realizados encontros nos bairros para colher as necessidades de cada um, bem como audiências públicas na sede da Câmara Municipal.
Alguns dispositivos dos Projetos Complementares foram alterados e os vereadores também realizaram emendas.
O Projeto de Lei Complementar nº 12/2017 – Trata-se de uma revisão do zoneamento de uso e ocupação do solo no município de Cordeirópolis, ao qual dentre outros aspectos, trata-se principalmente do enquadramento da área da futura represa Santa Marina como área de preservação de manancial urbano, além da flexibilização dos usos e atividades nas diversas localidades do município, e da criação de zonas especiais de interesse social e zonas industriais, sendo o primeiro voltado a vencer as demandas habitacionais e lotes do município, que servirá para comportar futuros empreendimentos habitacionais com recursos do Estado e do Governo Federal, e o segundo voltado a atração de empresas de médio e grande porte, incentivando a criação de emprego, serviços e renda para a cidade. 
Já o Projeto de Lei Complementar nº 13/2017, trata-se de uma revisão do Plano Diretor, que dentre outros aspectos, visa regularizar e regulamentar ferramentas urbanísticas, e criar artifícios atualizados para compor as modificações das ferramentas paralelas do parcelamento do solo e do zoneamento de uso e ocupação do solo. As alterações propostas neste projeto visam complementar as diretrizes das questões urbanísticas, viárias, econômicas, e habitacionais do município.
O Projeto de Lei Complementar nº 14/2017, 15/2017, 16/2017, e 17/2017, tratam da remodelação do loteamento industrial “Pedro Boldrini”, localizado atrás do cemitério de Cordeirópolis, possibilitando a criação com base na Lei “Cordeiroinveste”, recentemente aprovada, de um loteamento industrial municipal, visando incentivar o crescimento e instalação de empresas industriais, comerciais, e de prestação de serviços, buscando a criação de novos empregos e do desenvolvimento da cidade.
O Projeto de Lei nº 37/2017, trata-se, juntamente com a revisão do zoneamento de uso e ocupação do solo, e do Plano Diretor de Cordeirópolis, a revisão dos aspectos voltados aos parcelamentos do solo e urbanizações especiais, criando e atualizando ferramentas para futuros loteamentos industriais, comerciais, e de prestação de serviços, e também para futuros loteamentos e programas habitacionais de interesse social, buscando a criação de novos empregos e investimentos para a cidade, e criação de oportunidades mais acessíveis de moradia e lote para a população, principalmente de baixa renda.
O Projeto de Lei nº 41/2017, trata-se de projeto de lei que visa a operação de crédito para implementação e melhoria da infraestrutura na futura remodelação do loteamento industrial “Pedro Boldrini”, que conforme já comentado, possibilitará através do “Cordeiroinveste”, recentemente aprovada, o crescimento e instalação de empresas industriais, comerciais, e de prestação de serviços, buscando a criação de novos empregos e do desenvolvimento da cidade.
#cordeiropolis #je10 #planodiretor


Deixe um comentário Para "Lançamento de Plano Diretor define metas para Cordeirópolis"