Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Farmácia de Plantão: DROGARIA PROGRESSO/ REDE FARMAGENTE,

SAAE deve R$ 1,2 milhões à Elektro

Mais de 200 faturas em aberto somando mais de R$ 1,2 milhões em contas atrasadas do SAAE. Esse é o valor deixado pela antiga administração da autarquia, que era presidida por Giovane Genizelli.
De fevereiro a dezembro de 2016 as contas de energia não foram pagas para a Elektro, uma média de R$ 110 mil mensais.
De acordo com o novo presidente da autarquia, Luiz Carlos Borges Machado da Silva, a empresa vem pressionando para efetuar o pagamento.
“O SAAE tem uma arrecadação aproximada de R$ 400 mil/mês, o fato que fez o ex-presidente não pagar essas contas não sei, estamos fazendo o levantamento e tomaremos as medidas cabíveis dentro da lei. É um valor alto e isso tira a capacidade de investimento do SAAE, porém, não deixaremos de investir, mas será a passos lentos”, explicou da Silva. 
Ainda de acordo com o presidente da autarquia, uma reestruturação também será realizada.
“Nós estamos com muitos erros nos processos de leitura da água e isso deve ser sanado, o consumidor tem que pagar o que realmente utiliza, sem lesar a autarquia e muito menos o próprio consumidor. A leitura está sendo realizada a base de média e isso não deve existir, tem que ser o real consumo”, salientou.
Reestruturação

Um dos pontos principais da reestruturação está na equipe de leituristas, a qual é realizada por uma empresa terceirizada, que será mantida para não paralisar o processo, porém, será revista algumas estratégias para solucionar o problema.
De acordo com Silva, outros contratos terceirizados foram paralisados e também estão sendo revistos.


Deixe um comentário Para "SAAE deve R$ 1,2 milhões à Elektro"