Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Farmácia de Plantão: Farmavip Droga Nova,

Carnaval – 50 mil pessoas prestigiaram os quatro dias em Cordeirópolis

Foram quatro noites e dois dias de matinês que animaram as noites carnavalescas em Cordeirópolis. De acordo com os organizadores do evento, foram cerca de 50 mil pessoas que passaram pela avenida do samba no centro da cidade. 

As quatro noites de folia contaram com uma ampla praça de alimentação, onde continham barracas das  comunidades locais, e diversos food trucks com variedades de lanches, porções, doces  e bebidas em geral.

Mesmo com todas as variedades, boa parte de familiares trouxeram seus coolers, uma forma em prestigiar o evento e não gastar muito. 

No quesito de segurança, haviam diversas câmeras de monitoramento, que eram vigiadas por uma equipe especializada, onde passavam as informações via rádio aos seguranças os pontos que iniciavam desentendimentos. O evento também contou com o apoio das policias civis, militares e guardas municipais. De acordo com informações apuradas pela redação,os maiores registros de boletins de ocorrências envolveram embriaguez.

“Nossa maior preocupação no evento era dar segurança, já que é um carnaval voltado às famílias. Pelo número que recebemos tivemos um saldo muito positivo, e estudaremos os pontos negativos para o carnaval 2018”, destacou o secretário de Governo e Cultura Nivaldo Menezes.

No sábado e domingo mesmo com uma chuva antes dos desfiles não desanimou os foliões e serviu para refrescar os ânimos.

O Rei Momo e a Rainha abriam as noites de desfiles juntamente com o grupo da Terceira Idade. A escola de samba Samuca de Rio Claro desfilou no sábado. Na sequência foi a esperada e alegre “Gaiola das Loucas”, já o encerramento do desfile foi com a escola de Samba Carga Pesada que trouxe muita empolgação e uma bateria contagiante que agitou os presentes.

No domingo a abertura seguiu nos mesmos parâmetros e foi o dia dos blocos desfilarem e trazerem a agitação à passarela.  O terceiro dia de Carnaval foi marcado com mais de 18 mil pessoas prestigiando a festa. As ruas e a praça repleta de famílias e jovens. 

O último dia do carnaval de Cordeirópolis também foi marcado pelo desfile dos blocos da 3ª Idade, Leão Dourado e Balança Cordeiro. A última descida na avenida do samba pelo Rei Momo e a Rainha do Carnaval foi acompanhada pelos moradores e turistas, que aproveitaram o calor e a animação para celebrar o último dia de festa. 

“Há muito tempo Cordeirópolis não tinha uma festa como esta. A cidade está de parabéns”, disse a aposentada Célia Regina Lamontanha, de 68 anos, que acompanhava o evento junto com filhos e netos.

O prefeito Adinan Ortolan, junto com a primeira-dama, Angelita Ortolan, e a vereadora Cássia de Moraes, fizeram uma homenagem ao rei momo e à rainha, entregando para eles um troféu de participação no ultimo dia de Carnaval. 

“Cordeirópolis é uma cidade hospitaleira que gosta de alegria. Todos trabalharam para que esse fosse um carnaval de paz, voltado à da família”, disse o prefeito.

 

Os blocos Leão Dourado e o Balança Cordeiro, que juntos desceram a avenida trazendo muita animação e alegria com suas baterias e uma comissão de frente que agitou a todos com seus grupos de capoeira, também receberam uma homenagem e um troféu de participação. 

 

E, encerrando com muito axé e fortes vibrações, o trio elétrico fechou mais uma edição do carnaval de Cordeirópolis, deixando sem dúvida nenhuma um gostinho de  quero mais para todos que prestigiaram o evento. 

Turistas

Em meio aos moradores mais antigos da cidade, que “reservaram seus camarotes” nas calçadas ao armar suas cadeiras, chegou um grupo de ônibus e bem animado que chamou a atenção na Passarela do samba, que gritavam “Brasil, Carnaval, Samba”.

Trata-se de uma delegação cm 25 canadenses, formada por crianças com idade entre 8 e 10 anos e seus pais. Eles são membros da Association Soccer Gatineau, clube de futebol localizado na cidade de Gatineau, localizada na província canadense de Quebec, que integra a região metropolitana de Ottawa Ontário.

“Sou de Rio Claro e moro há 10 anos no Canadá. Temos ao todo 1500 crianças no clube e todos os anos formamos um grupo para visitar o Brasil e participar de algumas ações sociais no país”, disse Juliano Panchera Gigio, ex-jogador do Corinthians, natural de Rio Claro, que atualmente é diretor do time canadense.



Deixe um comentário Para "Carnaval – 50 mil pessoas prestigiaram os quatro..."