Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Farmácia de Plantão:

Ciclistas cordeiropolenses rumam à Aparecida pelo 5º ano consecutivo

Grupo sai para a romaria no próximo dia 07 de Setembro

Fé, adrenalina e muita determinação definem um grupo de amigos ciclistas que pelo quinto ano consecutivo rumam à Aparecida no próximo dia 07 de setembro, pedalando mais de 300km.

De acordo com os organizadores da pedalada Simone Machuca e Luiz André R. Melon , o rumo ao “Caminho da fé” como é conhecido o trajeto,este ano participarão 20 ciclistas, além do motorista do carro de apoio que também é ciclista, onde 15 são de Cordeirópolis, e cinco das cidades vizinhas: Araras, Rio Claro e Itapira.

A romaria será de cinco dias, com início oficial na cidade de Águas da Prata, cidade onde nasceu o Caminho da Fé, porém, hoje tem várias ramificações, podendo sair de Cravinhos, Tambaú, entre outras.

“Boa parte do Caminho da Fé é feita em território mineiro, onde mais de 90% delas é estrada de terra batida, retornando ao estado de São Paulo passando por Campos do Jordão, onde pegamos o maior parte do asfalto de todo trajeto, até a chegada em Aparecida”, relatou o ciclista José Micaelce Rodrigues dos Santos, mais conhecido apenas por Micaelce.

Para área de repouso, o caminho conta hoje com uma estrutura e é possível encontrar pousadas próprias para os peregrinos em praticamente todas as cidades que fazem parte do Caminho da Fé, onde os romeiros podem tomar um banho, jantar, conversar e descansar para o próximo dia.

Momento de Fé antes e pós pedalada

O caminho da fé possui toda uma programação religiosa, antes da partida há uma missa solicitando a bênção e proteção pela viagem. Missa essa que acontece no próximo dia 04 de setembro, às 19h na igreja de Santo Antonio em Cordeirópolis. Durante o trajeto também há os momentos de orações entre os participantes e a  chegada emocionante à basílica possui  um ritual religioso: primeiro passam pela imagem da santa Aparecida e logo em seguida participam da missa.

Surgimento Romaria em Cordeirópolis

Para os ciclistas Micaelce e André começaram a pedalar, e o desejo em conhecer novos lugares foi aumentando e com o passar dos anos e o Caminho da Fé era um lugar onde almejavam ir, porém, um trajeto difícil de pedalar, por ser tratar de uma cicloviagem de vários dias, morros a serem percorridos e a falta de conhecimento dos locais a serem percorridos era difícil até mesmo em pesquisas pela internet.

“Conversamos  com o Luiz André, que topou fazermos juntos o Caminho da Fé pela primeira vez em 2014, fomos com a cara e a coragem, levamos muita bagagem, muito peso, sem saber que  não estávamos treinados, pois tínhamos que subir serras muito íngremes algo novo para nós que estávamos acostumados a andar pela nossa região, mesmo com tantas dificuldades, conseguimos completar o trajeto em quatro dias, onde pudemos desfrutar de paisagens maravilhosas e fazer grandes amizades com pessoas de outros estados onde temos contato até hoje”, relatou Micaelce .

Clube de Ciclistas

O Cordeirópolis Bike Clube (CBC ) tem hoje seis anos e foi fundado em 19/06/2013 por Micaelce com ajuda de José Roberto Ventura.

O grupo hoje está dividido em vários níveis de pedais e afinidades, numa estimativa aproximada de 100 pessoas ativas.

O Clube surgiu quando um de seus fundadores Micaelce incentivado pelo ciclista Luis Ordando Bruno (In memoriam), fundador do Limeira Bike Clube, teve e ideia de criar um clube com o nome da cidade onde mora, assim representaria a cidade e seriam reconhecidos facilmente por onde passassem.

“ Começamos a fazer alguns pedais para iniciantes pela cidade, até que partimos para a terra, onde podemos ter mais contato com a natureza e deixar de lado o stress da cidade e dos carros sem contar tudo que o mountain bike nos proporciona, novas amizades, sair do sedentarismo cuidando da nossa saúde física e mental. Infelizmente nosso amigo Luis Orlando Bruno em 03 de junho de 2013 foi atropelado e faleceu ao lado de sua bike, não podendo presenciar a fundação do grupo CBC”, contou o ciclista Micaelce.

Para participar do grupo há algumas regrinhas por motivos de segurança aos esportistas, já que surgiram muitos roubos.

Para participar da romaria do Caminho da fé tem que entrar em contato com a Simone ou André, que são os organizadores do mesmo. Para participar do grupo CBC basta entrar em contato por meio das redes sociais Facebook, procurando por Cordeirópolis Bike Clube ou pelo site, www.cordeirópolisbikeclube.com.br . Com a onda de assaltos a ciclistas visando a segurança dos ciclistas, o grupo no facebook é fechado e o usuário precisa de aprovação para fazer parte do grupo no facebook.

Como surgiu o Caminho da Fé

Fazer o Caminho da Fé é algo gratificante, de acordo com relatos dos participantes,  e cada pessoa tem um propósito, uns vão por esporte, outros por motivos religiosos, para pagar uma promessa ou apenas para auto conhecimento.

O Caminho da Fé foi inspirado no milenar Caminho de Santiago de Compostela (Espanha), foi criado para dar estrutura às pessoas que sempre fizeram peregrinação ao Santuário Nacional de Aparecida,  oferecendo-lhes os necessários pontos de apoio e infraestrutura.

A ideia da sua criação ocorreu após um dos organizadores percorrer por duas vezes o conhecido caminho espanhol.  Imbuído do propósito de criar algo semelhante no Brasil, convidou alguns amigos aos quais expôs seus planos, tendo recebido pronta acolhida dos mesmos.

Assim, o trio composto por Almiro Grings, Clóvis Tavares de Lima e Iracema Tamashiro e no princípio ajudado por outros amigos voluntários dentre os quais,  Aparecida de Lourdes Dezena Cabrelon, deram início aos primeiros contatos com prefeituras e paróquias das cidades por onde passaria a trilha.

Assim como no Caminho de Santiago de Compostela, o peregrino precisava de uma credencial, onde deveria ser carimbado em cada cidade que passar, sendo obrigatório ter percorrido pelo menos os últimos 100 km finais, onde seria apresentado a credencial na Secretaria da Basílica de Aparecida para recebimento do certificado de conclusão para retirar o certificado Mariano, fornecido pela Basílica de Aparecida.

Participantes 2019:

Simone Machuca, Luiz André R. Melon, Eduardo Carron, Nivaldo Azevedo, Fábio Bianchi, Eduardo Mesquita, Jacson Panaggio, José Micaelce Rodrigues dos Santos, Felipe Batistela, Dirceu de Mattos Jr, Jeferson Gigich, Glauco Barboza, Laercio Sereia, Danielli Pícolo, Ronaldo de Souza Edson Maiorano, Francisco Gonzaga, Bruno Calore, Camila Oliveira.





Leia Também

Deixe um comentário Para "Ciclistas cordeiropolenses rumam à Aparecida pelo 5º ano..."