Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Farmácia de Plantão: Droga Centro,

Cordeiropolenses do Hip Hop são campeões na Argentina

O movimento Hip Hop convocou todas as tribos da cultura de rua para um encontro em Buenos Aires que iniciou no dia 1º de outubro, para uma batalha entre os países que fazem parte da América Latina.
 Entre os competidores estavam Antônio Felipe Freitas da Silva, “Capuch”, Marcos Rafael Freitas da Silva, “Kelloks” e Mauricelio de Lima Barros, “Maury”, todos representando com garra e talento a bandeira brasileira. Após sete dias de competições, o trio trouxe para Cordeirópolis o título de primeiro lugar nas categorias entre duplas e trios.
O secretário de  Cultura, Nivaldo Menezes, parabenizou os meninos pela vitória e também explicou que o trio contou com o apoio da Prefeitura Municipal para chegar à competição na Argentina.
 “Este patrocínio custeou as passagens áreas dos dançarinos, tudo para incentivar a prática da cultura e esportes e sobretudo “desmarginalizar” o grafite, o hip hop e seus subgêneros. Aproveito agora, para parabenizá-los por mais esta conquista, pois os jovens lutaram forte, treinaram muito, foram até a Argentina e trouxeram dois títulos para nossa cidade, com muita garra e persistência e, tudo isso é motivo de muito orgulho para todos nós”, ressaltou o secretário.
O competidor, Antônio Felipe Freitas da Silva, contou sobre esta experiência internacional e explicou que além da dança Break, a qual eles venceram as batalhas, ocorreram também competições nas modalidades de Hip Hop Dance, Battle Kids, Allí Style e Breaking. 
“Fomos convidados pela organização do evento para representar nosso país e também o município de Cordeirópolis. Desde então nosso objetivo foi mostrar o melhor de nós para juntos conquistarmos as batalhas e através dessa ação cultural, fortalecer a arte do movimento de rua”.
Felipe também comentou sobre sua paixão pelo movimento Hip Hop e falou sobre o grupo que ele integra em Cordeirópolis.
 “Tudo começou nas ruas de Recife, minha cidade natal. Lá eu aprendi e conheci a cultura hip hop e hoje faço parte da organização de um grupo denominado Roots Favela Crew, em que se apresentamos em várias cidades da região e também oferecemos aulas gratuitas para os alunos em Cordeirópolis. Portanto, amo o que faço e vamos continuar lutando por nossos objetivos pelo país e pelo mundo”, concluiu.
#cordeiropolis #je10 #hiphop


Deixe um comentário Para "Cordeiropolenses do Hip Hop são campeões na Argentina"