Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Conheça o APP AcheAki | Android e IOs

Cordeirópolis estuda “punição” a quem não tomar vacina contra Covid-19

Cerca de 1300 pessoas ainda não tomaram a segunda dose contra a covid

O prefeito Adinan Ortolan através de uma live realizada nesta sexta-feira (03) em rede social, comunicou que a Prefeitura junto a procuradoria do município está estudando a possibilidade em “punir” a quem  não  tomar a vacina contra a covid -19. De acordo com Ortolan será através da empresa que o cidadão trabalha.

“Não queríamos tomar uma medida drástica, mas já foi comprovado a eficácia e o quanto diminuiu os casos após a vacinação, portanto não há mais desculpa em se recusar, salvo os que comprovarem motivo de saúde”, explicou o prefeito.

Ainda segundo o prefeito, não existe multa para quem não se vacinar, no caso da empresa, ela terá que manter o uso de máscara, álcool gel e todos os cuidados da Covid, incluindo a vacinação em dia de seus colaboradores.

“Estamos estudando juridicamente ainda, antes de emitir o decreto, por enquanto é só uma ideia, inclusive até funcionários públicos”, reforçou o prefeito.

Em Cordeirópolis contabilizam cerca de 1300 pessoas sem tomar a segunda dose. Para quem deseja se vacinar não há a necessidade em fazer agendamento, basta ir até a unidade de saúde do bairro. O horário para aplicação é das 8 às 11 horas e das 13 às 15 horas. Importante levar o cartão de vacinação e CPF.

As pessoas com idade igual ou superior a 18 anos que tomaram a segunda dose das vacinas da Pfizer, Sinovac/Coronavac e Astrazeneca/Fiocruz há mais de quatro meses e pelo menos dois meses para a dose única da Janssen podem procurar qualquer unidade de saúde para receber a dose de reforço.





Leia Também

Deixe um comentário Para "Cordeirópolis estuda “punição” a quem não tomar vacina..."