Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Conheça o APP AcheAki | Android e IOs

“Cordeirópolis não entra em lockdown, foco será em tratamento precoce”, afirma prefeito

Remédios como: Hidroxicloroquina, Ivermectina, Cloroquina e Annita passam a ser controlados por determinação da Anvisa

Durante a live realizada nesta sexta-feira (24) pelo prefeito de Cordeirópolis, Adinan Ortolan, um dos pontos em que ele abordou é se a cidade seguirá o mesmo que a vizinha Limeira decretou, o lockdown.

De acordo com Ortolan, ele foi procurado pelo prefeito de Limeira e a conclusão que ele teve juntamente com a equipe médica de Cordeirópolis, não há motivos em se fazer essa paralisação neste momento.

“Em conversa com a nossa equipe de saúde, preferimos aguardar o resultado da cidade de Limeira, mas particularmente, a minha opinião é muito clara, eu acredito que isso só funcionaria se fosse um lockdown de fato e não apenas em um único final de semana, e sim com período mais longo e que envolvesse todas as áreas, pois poderia dar um resultado mais efetivo, mas claro que cada cidade tem sua peculiaridade, mas preferimos aguardar por enquanto e focar no tratamento precoce”, disse Ortolan.

Para ele a cidade é cortada por três grandes rodovias, um fluxo enorme de carga e descarga devido a grandes  indústrias seja alimentícia ou de pisos, portanto fica inviável fechar a cidade.

Novas medidas da Anvisa

Durante a live, a secretaria de Saúde, Jordana Cassetário reforçou trazendo as datas corretas que devem ser realizados os exames para que não corra o risco em dar um falso positivo.

“Reforço essas datas, pois está havendo conflitos, apesar de orientarmos desde o início,  o correto em se fazer o exame PCR é de 3 a 7 dias de sintomas e o teste rápido é do 10º ao 15º dia, o que acontece é que a pessoa vai ao pronto socorro com oito a 10 dias de sintomas, e neste período dará um falso positivo, portanto, não será um resultado efetivo. Outra medida que passa a valer a partir de hoje é em questão que alguns medicamentos passam a ser controlados por determinação da Anvisa através da RDC 405/2020, ou seja,  a pessoa só vai conseguir comprar os medicamentos Hidroxicloroquina, Ivermectina, Cloroquina e Annita através de prescrição médica em duas vias, onde será retida pela farmácia”, informou a Jordana.

Números na cidade

Cordeirópolis registra nesta sexta-seira (24) 795 casos positivos, sete estão internados, sendo que quatro na UTI. Recuperados somam 516, e infelizmente foi registrado oito óbitos. Ao todo 3932 testes foram realizados: 2158 (PCR) e 1774 (testes rápidos). Mais de 16% da população já foram testadas.

 





Leia Também

Deixe um comentário Para "“Cordeirópolis não entra em lockdown, foco será em..."