Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Conheça o APP AcheAki | Android e IOs

Cordeirópolis registra mais de 220 casos de dengue

Jardim São Luiz está concentrado o maior foco

No Brasil há doenças como dengue e febre amarela que possuem um grau mais elevado de letalidade do que o coronavírus, o Covid-19. A atual preocupação desse novo vírus, vem do fato de tratar-se de um vírus novo, com chances de infectar um grande número de pessoas, e cujas informações ainda são escassas. Entretanto, é importante que o Brasil não perca o foco em outras doenças infecciosas, como dengue, febre amarela e sarampo, com elevado potencial de transmissão no nosso país e, muitas vezes, causando casos graves e até mortes.

Em Cordeirópolis, também não é diferente, os casos de dengue estão bem elevados, já são 222 casos registrados na cidade.

” Essa doença do coronavírus é preocupante, porém não podemos nos esquecer da dengue, pois essa não é uma possibilidade em nossa cidade, e sim uma realidade. Cordeirópolis é uma das poucas cidades que possui o teste rápido na rede pública pra detectar a dengue, portanto peço a população aproveitar que estão em casa e olhem seu quintal, a calha de sua casa para evitar proliferação do mosquito da dengue.”, explicou Adinan Ortolan, através de uma live realizada no sábado (04) através da rádio Vera Cruz.

O bairro Jardim São Luiz é o local mais preocupante, com maior foco de dengue e para combater, Ortolan explica que foram realizadas  fumacê na região do foco, bem como desinfecção na residência. O bairro Santo Antonio também estava com números elevados e com as medidas foram reduzidos.

O fumacê é uma estratégia encontrada pelo governo para controlar os mosquitos, e consiste em na emissão de uma “nuvem” de fumaça com baixas doses de um agrotóxico que permite eliminar a maior parte dos mosquitos adultos presentes na região. Dessa forma, esta é uma técnica muito utilizada durante períodos de epidemia para eliminar mosquitos e evitar a transmissão de doenças como a dengue, a Zika ou a Chikungunya.

Coronavírus – Cordeirópolis

Em Cordeirópolis a situação continua de certa forma tranquila, pois foi registrado apenas um caso suspeito, onde ainda aguarda o resultado do exame. Medidas estão sendo tomadas para evitar maior número de contágio. As ruas estão recebendo diariamente uma operação de desinfecção, os atendimentos no hospital foram reduzidos, onde são atendidos casos mais graves e as famílias de baixa renda estão sendo assistidas com cestas básicas e cestas verdes, sejam com ações através da Prefeitura Municipal, bem como a mobilização de comércios e entidades na ajuda de arrecadação de alimentos.

 

 





Leia Também

Deixe um comentário Para "Cordeirópolis registra mais de 220 casos de dengue"