Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Farmácia de Plantão: Farmavip Droga Nova,

Em meio a protestos, Petrobras anuncia aumento da gasolina

Aumento acontece após cinco quedas consecutivas

A Petrobras anunciou nesta terça-feira (30) o aumento da gasolina nas refinarias. O preço médio sem tributos será de R$ 1,9671 um aumento de 0,74% em comparação com o valor atual que é de R$ 1,9526. O valor do diesel, que está sendo taxado por R$ 2,1016 segue congelado nas refinarias por 60 dias. O aumento acontece após a paralisação dos caminhoneiros perderem forças e voltarem a circular em diversos pontos do Brasil.

Foram 10 dias, mas o movimento de greve dos caminhoneiros vai chegando ao fim. Em Cordeirópolis, os motoristas que estavam parados nos acostamentos da Washington Luís (SP-310) se dissiparam nesta manhã. Um dos últimos motoristas a sair e voltar para a estrada, Paulo Henrique, se diz envergonhado em voltar para casa e ter conseguido tão pouco e manda um recado para a população.

“Estou triste, fiquei parado por 10 dias enquanto isso o povo corria para o os postos de abastecimento e aceitando pagar quase R$ 10 na gasolina. Desse jeito, não tem como. Poderia ficar um mês parado aí, mas isso desanima e faz o movimento perder forças. A população foi covarde”, disse. Agora, ele segue viagem agora para a cidade de São Carlos para realizar suas entregas.

Para o motorista, Junior Silva que realiza entrega de ovos. O movimento acabou desde o momento em que o governo realizou o primeiro acordo.

“Na verdade, cada um estava lutando por coisas distintas e como paramos, as coisas ficaram difíceis. Acredito, que não ganhamos e em um ano as coisas voltam a ser como antes”, declarou.

ABASTECIMENTO

Em Cordeirópolis, os postos Ipiranga e Tuiuiú receberam gasolina e etanol nesta tarde. Já na região, cidades como Limeira, Araraquara, Rio Claro E Santa Gertrudes também vão recebendo os caminhões de abastecimento.

Por: Diego Fabiano de Oliveira



Leia Também

Deixe um comentário Para "Em meio a protestos, Petrobras anuncia aumento da..."