Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Conheça o APP AcheAki | Android e IOs

“Estamos preparados para receber a vacina contra a Covid-19”, afirmou o prefeito de Cordeirópolis

Cidade conta com estoque de 25 mil seringas e 55 mil agulhas. Primeira fase serão vacinados os agentes de saúde

A previsão é que a partir do dia 25 de janeiro, inicia a vacinação contra a Covid-19. Data esta que foi anunciada pelo Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura de Cordeirópolis através da Secretaria de Saúde já está se programando para as primeiras doses que chegarem à cidade.

Após reunião com a equipe do Governo do Estado durante a manhã desta quarta-feira (06), junto ao prefeito Adinan Ortolan, a secretária de Saúde, Jordana Cassetário e a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Nayara Belini, a Prefeitura de Cordeirópolis anunciou detalhes sobre a vacinação da imunização da doença.

Para a equipe de Cordeirópolis, uma das preocupações é com os preparativos para o momento da vacinação, além dos materiais que serão utilizados pelos profissionais de saúde com os munícipes.

De acordo com a secretária de saúde, a equipe já está treinada e pronta para receber a vacina.

“Apesar do Governo do Estado ter se comprometido em enviar nesta primeira fase, 16 mil unidades dos insumos necessários para a vacinação, como agulhas, seringas, algodão, a Prefeitura já se preveniu e está com o estoque pronto para ser utilizado. Junto aos produtos que o Governo encaminhará, nós já temos em estoque,  25 mil seringas e 55 mil agulhas, além dos demais produtos, ou seja, temos material suficiente para imunizar todos os moradores da cidade, se for necessário. Importante ressaltar, que a nossa maior luta de todas, sempre será salvar vidas e vacinar será a melhor medida até o momento para chegarmos a este objetivo”, disse o prefeito Adinan Ortolan.

A secretária de Saúde, Jordana Cassetário, comentou sobre a confiabilidade do Sistema Único de Saúde (SUS) e destacou que os profissionais continuam trabalhando incessantemente no combate ao vírus por toda a cidade desde o mês de março. Jordana também reforçou que a prevenção é o melhor caminho.

“O Brasil sempre foi referência em vacinação, possui instituições de pesquisas altamente qualificadas e profissionais renomados, portanto a vacina que for aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), nós realizaremos a imunização aqui em Cordeirópolis com toda a segurança”, pontuou.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Nayara Belini, deixou claro que ninguém será obrigado a tomar a vacina. A orientação é que, quem desejar tomar, deverá aguardar, quando for o momento de cada fase, ou em caso de dúvidas, deverá procurar orientações com o seu médico.

“Cordeirópolis possui sete salas de vacinas, já tem todo o material necessário e aguardamos a vacina do Governo do Estado com grande expectativa. Sendo assim, a partir do dia 25 de janeiro, de acordo com o Governo Estadual, o primeiro grupo a ser vacinado será os profissionais da área da Saúde, junto aos Quilombolas e Indígenas. Em seguida, a partir do dia 8 de fevereiro, serão imunizados os idosos a partir de 75 anos de idade e assim sucessivamente será ampliado para todos os grupos”, explicou a coordenadora.

 





Leia Também

Deixe um comentário Para "“Estamos preparados para receber a vacina contra a..."