Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Conheça o APP AcheAki | Android e IOs

GCM prende o 4º envolvido pelo tribunal do crime em Cordeirópolis

A Guarda Civil Municipal de Cordeirópolis através de um mandado de prisão prendeu na noite desta quarta-feira (01) o quarto envolvido pelo tribunal do crime em Cordeirópolis.

Em primeiro momento, o acusado L.R.do C.P. de 23 anos estava relacionado com o caso apenas como testemunha, já que afirmou no dia dos fatos que era trabalhador, possuía carteira assinada e que foi obrigado a perder dia de serviço e a testemunhar por ter presenciado a discussão por dívida de drogas do sobrinho, porém através das investigações policiais, “ após o acesso ao conteúdo do telefone celular de um dos presos D. J. G., foram localizados diálogos deste com a pessoa de vulgo “Padrinho” onde L. é chamado de “companheiro” e apontado como “lesado” pois também teria sido acusado por M. (o apontado pelo tribunal) de estar “ratiando” drogas, apontando sua ligação com a facção criminosa e o tráfico de entorpecentes”.

Diante das evidências indicaram que L. R. não seria apenas uma simples “testemunha” como pretendia repassar, mas, na realidade, é um membro da facção criminosa e do próprio “Tribunal do Crime”. L.R. teve a prisão preventiva decretada.

Tribunal do crime
O fato ocorreu no dia 08 de novembro quando a polícia recebeu uma denúncia anônima de que integrantes de uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios estavam para aplicar o “tribunal do crime” e julgar a ação de um integrante que teria cometido uma “infração disciplinar”.

Diante das informações foi realizada uma operação conjunta entre Polícia Civil, em parceria com a Polícia Militar, GCM e Pelotão Ambiental. Na residência localizada no Jardim Cordeiro, estava o casal que seria julgado: M. V. de A. de 30 anos, grávida de sete meses e o parceiro M. da S. E. também de 30 anos. Ambos já têm passagens por tráfico e são moradores do pátio da estação.

No mesmo dia foram presos: M. R. Da S. P. de 23 anos, com ele foi pego duas facas, facão e porções de crack e cocaína além de papéis com anotações da facção. O segundo D. J. G. de 22 anos com ele havia o telefone celular; o terceiro W. R. R. de 20 anos da cidade de Araraquara, estava há pouco tempo morando no bairro e participaria do julgamento. Com ele foi apreendido aparelho celular; e também um menor de 16 anos, onde foi apreendido o aparelho celular e encaminhado a Fundação Casa.

 





Leia Também

Deixe um comentário Para "GCM prende o 4º envolvido pelo tribunal do..."