Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Conheça o APP AcheAki | Android e IOs

MP abre inquérito para apurar denúncia do Projeto “Além da Escola”

Foto arquivo Projeto Além da Escola

Promotoria abre espaço para os pais enviarem relatos do Projeto

O Ministério Público do Estado de São Paulo, após uma denúncia realizada pela cordeiropolense C.C.O, foi instaurado um inquérito civil com o fim de apurar a qualidade do serviço educacional prestado pelo município de Cordeirópolis-SP durante a pandemia, denominado de Projeto “Além da Escola”. O promotor Luiz Alberto Segalla Bevilacqua, está designado pela apuração.

Na alegação da denunciante consta: “os alunos da rede pública municipal tiveram suas aulas drasticamente reduzidas, tanto no tempo quanto na qualidade, e que o ensino das matérias foi imposto aos genitores, cabendo aos professores tão somente a elaboração de exercícios, sem explicação didática do conteúdo”.

A redação procurou a Prefeitura Municipal e através da Secretaria de Educação, informou que o Projeto “Além da Escola” atende todas as crianças do ensino municipal e que apesar de todas as dificuldades durante a pandemia é referência no estado de São Paulo, onde os professores ficam de plantão para explanar o conteúdo apresentado.

“Implantamos internet aos alunos que não tinham acesso para que elas não ficassem sem o conteúdo, além de fornecer os chromebooks para o uso dos plantões diários e dúvidas com os professores. Também  enviamos material salvo em pen drive em locais que tecnicamente não conseguia acesso via internet. Mesmo com pandemia continuamos com o reforço  e para 2021 daremos apoio de reforço escolar para as crianças que ficaram em defasagem”, explicou em nota à redação.

Para apurar sobre a denúncia, a promotoria abriu espaço para que os munícipes interessados na demanda e que se sintam prejudicados pelo serviço educacional prestado pela municipalidade por meio do Projeto “Além da Escola” enviem reclamações ao endereço eletrônico: [email protected] , devendo haver identificação como nome completo, RG, endereço, telefone e escola em que estuda, além de um breve relato da situação.





Leia Também

Deixe um comentário Para "MP abre inquérito para apurar denúncia do Projeto..."