Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Conheça o APP AcheAki | Android e IOs

MP denuncia 10 homens por associação criminosa em furtos de trens

Descarrilamento em março de 2021 provocado por furtos de trilhos

Ação ocorre desde 2021 em toda região

O Ministério Público (MP) de Cordeirópolis apresentou, na tarde desta quinta-feira (13), denúncia ao Judiciário de Cordeirópolis contra 10 suspeitos de integrar uma associação criminosa que atuava na região com furtos de ferragens, trilhos e produtos que eram transportados nos trens.

A investigação vem sendo realizada pela Polícia Civil de Cordeirópolis desde março de 2021, onde foi possível identificar os integrantes da quadrilha que atuavam na cidade e várias outras da região como Campinas, Hortolândia, Cândido Mota, Assis e Paraguaçu Paulista.

Somente em Cordeirópolis foram registradas 13 ações criminosas, sem contar o registro em demais cidades que agiam, o que somam: associação criminosa, furto qualificado, receptação qualificada e até ocorreu um descarrilamento em março de 2021 devido aos furtos ocasionados pelo bando.

A denúncia assinada pela promotora Aline Moraes relata que os furtos envolvem ainda: “a subtração dos produtos contidos nos vagões dos trens, como álcool, soja, milho, diesel e carne, bem como a subtração de objetos de ferro integrantes da própria estrutura da linha férrea, como é o caso dos trilhos, dos grampos e das placas fixadoras dos trilhos, dentre outros, gerando incontáveis prejuízos e riscos”.

Riscos citados pela promotora diz respeito a descarrilamento de trem pelo furto dos grampos e placas de fixação dos trilhos faz com que a linha férrea fique solta, além de prejuízos financeiros à empresa transportadora, há também o prejuízo ambiental dependendo do produto que está sendo carregado, fora o risco aos funcionários, já que em alguns furtos teve o corte das mangueiras que interligam os vagões dos trens a fim de viabilizar os furtos, provocando a parada inesperada da composição e causando o desarranjo de toda a malha férrea.

“No final, é a própria sociedade, na figura dos consumidores, que acaba arcando com boa parte dos prejuízos financeiros ocasionados pelas condutas ilícitas da associação criminosa composta pelos denunciados. Como se vê, são nefastas as consequências provocadas pelas condutas da associação criminosa voltada à prática dos crimes de furtos, roubos e receptação de produtos inerentes às linhas férreas, associação esta da qual os denunciados são integrantes ativos”, apontou a promotora.

Além das denúncias contra o grupo, a promotora requereu à Justiça a prisão preventiva e o bloqueio das contas correntes dos acusados.

O juiz Luiz Gustavo Primon recebeu as denúncias da promotoria e após analisar, os acusados se tornaram réus e tem o direito em apresentar as defesas.

O juiz decretou a prisão preventiva de quatro integrantes que são reincidentes, ou seja, já possuem passagem; e os outros seis responderão a acusação em liberdade, mas fixou medidas cautelares.

Cada réu terá sua defesa e a justiça analisará cada uma.

Descarrilamento em março de 2021

 





Leia Também

Deixe um comentário Para "MP denuncia 10 homens por associação criminosa em..."