Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Conheça o APP AcheAki | Android e IOs

Partidos têm até dia 16 de setembro para fazerem convenções para as eleições municipais

Novas regras mudarão a eleição para vereador em 2020

As eleições municipais 2020 tiveram alterações, tanto para a composição das cadeiras dos vereadores, quanto a questão da pandemia, pois o calendário eleitoral alterou e impôs outras mudanças, como o prazo das convenções por exemplo, que encerram dia 16 deste mês, onde os registros dos respectivos candidatos ficam de 17 até dia 26;  e a partir do dia 27 o candidato pode iniciar a campanha eleitoral.

Convenções

Em Cordeirópolis, as convenções partidárias para a escolha dos candidatos tanto para prefeito, quanto para vereadores já estão sendo agendadas. No dia 10, na Câmara Municipal, às 17hs acontece dos partidos: PT, MDB, PSL,PP, DEM,PSD,PL,PSB,PODEMOS,PDT, PC do B e Solidariedade, onde há a probabilidade em apoiar o atual prefeito Adinan Ortolan e Fátima Celin que são pré-candidatos a reeleição.

Já no dia 13 de setembro, às 10hs no clube Princesa Isabel, ocorre dos partidos Patriota e PTB, que tudo indica apoio ao pré-candidato a prefeito, Jaime Seneme.

O Portal JE10 entrou em contato com o presidente do partido PSDB, o advogado Christian Bianco de Carvalho para saber da data e foi informado que até o momento não há data definida. O pré-candidato a prefeito tem como partidos: PSDB e PV.

O vereador Anderson Hespanhol, Pique, está como presidente do Cidadania e até o momento também não foi agendada a data.

Alterações em 2020

Entre as principais alterações para as eleições de 2020 foram o fim das coligações proporcionais, onde as legendas poderão se juntar somente na eleição majoritária (prefeito), devendo concorrer isoladamente nas eleições proporcionais (vereadores).

Com a reforma política, os partidos não mais poderão se coligar em eleições proporcionais. Isso não significa que o sistema proporcional deixará de existir, mas apenas que os partidos concorrerão em chapas separadas, sem alianças. Ou seja, contarão apenas com seus próprios votos.

Com a vigência da nova legislação, cada partido isoladamente deverá lançar até 150% do número de cadeiras. Ou seja, em Cordeirópolis são nove cadeiras, cada partido deverá lançar sozinho 14 candidatos, sendo que deve atender a cota com 70% de homens e 30% mulher, caso não atinja a cota feminina deverão diminuir a masculina.

O domicílio eleitoral também foi alterado. O candidato deve possuir domicílio eleitoral pelo prazo mínimo de seis meses, o mesmo prazo é exigido para a filiação partidária. Antes era de um ano.

Biometria

Devido a pandemia o calendário foi alterado e teve mudanças. Para barrar a disseminação do coronavírus, a identificação por biometria não vai ser usada em 2020 porque a superfície do equipamento não pode ser higienizada com frequência. Assim, é preciso levar documento com foto.

O TSE abriu a possibilidade até de as convenções partidárias para a escolha dos candidatos serem feitas a distância, de forma virtual. E o calendário também mudou: o primeiro turno será 15 de novembro e, nas cidades que precisarem, o segundo turno no dia 29 de novembro. Os registros das candidaturas também vão poder ser feitos de forma eletrônica.

A cidade de Cordeirópolis conta com 19.482 de votos válidos, os que fizeram biometria somam 16.920, restaram 2562 realizarem o processo.  Na última eleição municipal de 2016, compareceram às urnas 17.934 eleitores.





Leia Também

Deixe um comentário Para "Partidos têm até dia 16 de setembro para..."