Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Conheça o APP AcheAki | Android e IOs

Piá, ex-jogador é condenado a 2 anos de prisão

Ele  é acusado de furtos de envelopes em caixas eletrônicos

O ex-jogador de futebol Reginaldo Rivelino Jandoso, mais conhecido como Piá, foi condenado pela Justiça de Cordeirópolis, nesta quinta-feira (21) a dois anos  e seis meses de reclusão por tentativa de furto qualificado.

Também foi condenado H.O.L., que estava junto de Piá no dia do furto, porém o juiz José Henrique Oliveira Gomes, concedeu liberdade provisória com medida cautelar.

O magistrado entendeu que “a prisão preventiva do réu Reginaldo, cuja multireincidência demonstra reiteração de atividades criminosas incompatível com a liberdade provisória. Em especial, destaco que o réu praticou o crime enquanto cumpria pena em regime aberto, demonstrando que não faz jus à confiança que lhe foi concedida pelo Estado e que, de forma mais acentuada, as penas anteriores foram insuficientes para que agisse em conformidade com as regras de convívio social. Sua prisão continua necessária para a preservação da ordem pública”.

Crime

Os dois são acusados em furto de envelopes em caixas eletrônicos. Em Cordeirópolis, ambos foram presos em flagrante no dia 23 de maio de 2020, após o sistema da muralha digital acionar a entrada do veículo Pálio na cidade, os agentes foram até ao local, onde encontraram os homens saindo do banco com envelopes de depósitos e equipamentos para realização de furto.

Ao serem abordados pela polícia, foram encontrados no interior do veículo, envelopes bancários destinados às transações de depósitos eletrônicos, tanto do Banco do Brasil quanto Banco Caixa, totalizando a quantia de R$ 141,00 em espécie e um cheque no valor de R$ 8.386,67. Interrogados, ambos os investigados confessaram informalmente a prática do furto, assim como seus envolvimentos em crimes idênticos ocorridos em cidades da região.

 





Leia Também

Deixe um comentário Para "Piá, ex-jogador é condenado a 2 anos de..."