Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Farmácia de Plantão: Farmavip Droga Nova,

Vereadores manobram votação para aprovação das Contas de Féio

Uma votação que causou revoltas aos munícipes e principalmente aos representantes de entidades que estavam na sessão ao aguardo da votação de outro Projeto referente às entidades locais.
Em primeiro a revolta se deu pelo motivo das contas entrarem em ordem do dia nas últimas horas e segundo, porque utilizaram as entidades como cunho para aprovação, alegando que só votariam o Projeto das Entidades após votação das Contas de Féio.
Resumindo: as contas do ex prefeito Féio foram aprovadas por sete votos a dois. Os vereadores que votaram a favor foram: Davi Bertanha (PPS), Rosivaldo Pina (PPS), Alceu da Silva Guimarães (PPS), Odair Peruchi (PSDB), José Geraldo Boteon (PSDB), Jonas Antonio Chaves (PP) e Liliane Genizelli.
Os únicos vereadores que votaram contra foram Sérgio Balthazar (PT) e Fátima Celin (PT).
Ao fazer a votação favorável, o único vereador que fez sua justificativa foi Geraldo Boteon, onde sua defesa foi categórica ao ex prefeito Féio.
Após várias paralisações e os ânimos dos representantes das entidades se alterando, é que ambos os Projetos foram aprovados.
Os vereadores foram contra o documento que tem o parecer de rejeição do Tribunal de Contas de São Paulo que aponta diversas irregularidades no último ano de administração de Féio em 2012.
As principais são déficit financeiro e orçamentário e vários itens de desrespeito à Lei de Responsabilidade Fiscal.
O tribunal de Contas apontou diversos itens, incluindo o déficit orçamentário e financeiro, “pecados capitais” de acordo com as normas do Tribunal de Contas de São Paulo.
Entenda o Projeto das Entidades
Existe uma Lei que é Federal para repasse do terceiro setor, nesse caso são as entidades do município que são: Acorac, Acesac, Patrulha Mirim, Apae e Lar dos Velhinhos;  e o Executivo não fez absolutamente nada e realizou nos 45 segundos do segundo tempo. 
Para não perder essa verba, os representantes das entidades foram até os vereadores e explicaram a importância desse Projeto ser aprovado, no entanto concordaram que tudo estava certo e seria aprovado  para o repasse às cinco entidades para o ano de 2017.
No entanto, fizeram essa manobra: para aprovar esse Projeto da entidade passaram o Projeto das Contas do Féio na frente alegando que o primeiro havia uma palavra e uma vírgula errada, sendo assim, caso as do Féio não fosse aprovado, o Projeto das entidades ficaria travado, essa forma em conduzir a sessão e essas manobras deixaram os representantes das entidades revoltados e até mesmo um representante das entidades chegou até chorar.
” Como disse a vereadora Fátima Celin, passaram igual um trator em cima de todo esse processo para manipular, não passam de manipuladores, foi uma vergonha”, relatou a vereadora eleita Cássia de Moraes.
Nesse Projeto não há valores, mas sim adequação da Lei 13019 que o prefeito Amarildo Zorzo também não fez e deixou em cima da hora para que as entidades possam ser repassadas no ano de 2017.
 


Deixe um comentário Para "Vereadores manobram votação para aprovação das Contas de..."