Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Conheça o APP AcheAki | Android e IOs

Operação policial prende 4 por facção criminosa e suposto tribunal do crime em Cordeirópolis

Entre eles, um é menor e foi encaminhado à Fundação Casa

Uma operação da Polícia Civil de Cordeirópolis em parceria com a Polícia Militar, GCM e Pelotão Ambiental prendeu três homens e um menor que integravam uma facção criminosa e impediu a realização do ‘tribunal do crime’, na segunda-feira (08).

A operação foi comandada pelo delegado Leonardo Burguer e os motivos do suposto julgamento foram fundadas a partir de conversa existente em aplicativo de celular da vítima. De acordo com informações lavradas em boletim de ocorrência “registra-se que as diligências proporcionaram a constatação de que de fato tratava-se de um tribunal marginal, presidido por criminosos envolvidos com a organização criminosa denominada PCC, a qual possui como principal atividade criminosa para auferir lucro a narcotraficância”.

Há suspeitas referente a apreensão de drogas que foi realizada pela GCM na ultima semana no pátio da estação. Na ocasião, a equipe em operação de combate ao tráfico no local apreendeu 25 pinos de cocaína e mais 32 pedras de crack. Os GCMs Adauto, Sílvio e Vilson foram informados que haveria indivíduos novamente comercializando entorpecentes no local. Um dos infratores foi visto correndo com alguns embrulhos, mas deixou cair parte da droga. Esta hipótese está sob investigação.

Na operação da polícia civil foram apreendidos celulares, um facão, duas facas e porções de drogas junto dos acusados. A ocorrência foi registrada como sequestro, cárcere privado, e associação criminosa.

Os presos foram M. R. Da S. P. de 23 anos, com ele foi pego duas facas, facão e porções de crack e cocaína além de papéis com anotações da facção. O segundo D. J. G. de 22 anos com ele havia o telefone celular; o terceiro W. R. R. de 20 anos da cidade de Araraquara, está há pouco tempo morando no bairro e participaria do julgamento. Com ele foi apreendido aparelho celular. Já o menor de 16 anos foi apreendido o aparelho celular e encaminhado a Fundação Casa.

O casal vítima: M. V. de A. de 30 anos, grávida de sete meses e o parceiro M. da S. E. também de 30 anos foram ouvidos e liberados. Ambos já têm passagens por tráfico e são moradores do pátio da estação.

De acordo com as informações policiais, os integrantes pegaram uma pessoa obrigando a testemunhar, porém ele não tem ligação com a facção, comprovou carteira assinada em empresa e não há indícios que o incriminem com o crime.





Leia Também

Deixe um comentário Para "Operação policial prende 4 por facção criminosa e..."