Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Conheça o APP AcheAki | Android e IOs

Operação Sintonia prende criminosos ligados ao PCC em Cordeirópolis

Associação é ligada ao PCC e acusada de aliciamento de menores

Os cordeiropolenses acordaram na manhã desta quarta-feira (10) ao som do helicóptero “Pelicano” e centenas de policiais onde faziam 46 buscas e apreensões em seis municípios sendo Limeira, Araras, Santa Gertrudes, Rio Claro e Charqueada, sendo que a maior concentração estava em Cordeirópolis.

A operação sob o comando do delegado William Marchi, titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Limeira (SP) e da Delegacia de Cordeirópolis, teve forte trabalho no combate ao crime no tráfico de entorpecentes com envolvimento com a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) e outros crimes.

O cumprimento dos mandados resultou em dois flagrantes de tráfico de drogas, posse de  arma de fogo, drogas, oito capturas de procurado e nove capturas de adolescentes.

Em um dos imóveis foi encontrado mais de R$ 16 mil e nomes reconhecidos na forte atuação no tráfico de drogas, identificado como A.B., vulgo “Andinho” .

Durante investigação também foi apurado a associação criminosa no tráfico de drogas com aliciamento de menores, onde foi aberto um inquérito policial através do Ministério Público (MP), por meio do promotor Hélio Dimas de Almeida Junior com vários nomes, inclusive de Cordeirópolis: “Chocolate” que já foi denunciado em uma apreensão de menor no mês de  março e logo depois se envolveu em uma tentativa de homicídio com forte ligação ao PCC.

Outros nomes também são denunciados pelo promotor  como: A.A.P., vulgo “Jet Rio Claro”; D.F.S., vulgo “Gordão”; E.C.A, vulgo “Mateus do Caixote”; N.J.S, vulgo “Bob”; R.D.M., vulgo “Bochecha”, sendo que esse morou por um tempo em Cordeirópolis e foi preso em Santa Gertrudes;  W.F.S.S, vulgo “Vinicius”; R.A.S., vulgo “Japa”, e M.R.F.,vulgo “Perturbado”.

Estiveram envolvidos durante a operação equipes da  Polícia Militar, com agentes inclusive da Força Tática e do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep), Guarda Civil Municipal das cidades durante a operação, equipe de investigadores da Polícia Civil, como a Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), o Grupo de Operações Especiais (GOE) e o Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra); cães farejadores da GCM de Mogi Mirim e Militar, o helicóptero Pelicano.

Assista a entrevista com o delegado Willian Marchi clicando aqui.

 





Leia Também

Deixe um comentário Para "Operação Sintonia prende criminosos ligados ao PCC em..."