Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Portal JE10 - Cordeirópolis e Região

Conheça o APP AcheAki | Android e IOs

SP volta para a fase vermelha e segue até dia 18 de abril

Aulas estaduais retornam dia 14 de abril e as municipais há uma projeção para o dia 03 de maio, mas dependerá da decisão do comitê da saúde

O estado de São Paulo anunciou na tarde desta sexta-feira (09) que sai da fase emergencial neste domingo (11) e volta para a fase vermelha até o dia 18 de abril.

Mesmo com a mudança de fase ficam proibidos cultos religiosos presenciais, recomendação de teletrabalho, a recomendação do escalonamento de horários alternados para os setores de serviços, do comércio e da indústria e o toque de recolher das 20h às 5h.

Nesta fase vermelha terão algumas flexibilizações como: a reabertura das lojas de material de construção; a retomada de eventos esportivos, como futebol, sem a presença de público e dentro de todas as normas sanitárias; a retirada de pedidos de comida diretamente nos restaurantes.

Aulas

As aulas estaduais também retornarão de forma gradual a partir do dia 14. De acordo com a Secretaria de Educação de Cordeirópolis, há uma projeção do retorno das aulas para o dia 03 de maio, porém, o Comitê de Saúde do município determinará a volta ou não.

Vacinas

A partir da próxima semana inicia a vacinação dos professores acima dos 47 anos e será seguido o cronograma estabelecido pelo governo do estado de São Paulo. Em Cordeirópolis já foram aplicadas  3767 doses.

O que pode funcionar na fase vermelha?

Escolas e universidades

Hospitais, clínicas, farmácias, dentistas e estabelecimentos de saúde animal (veterinários)

Supermercados, hipermercados, açougues e padarias, lojas de suplemento, feiras livres

Delivery e drive-thru para bares, lanchonetes e restaurantes: permitido serviços de entrega

Cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis e lojas de materiais de construção

Empresas de locação de veículos, oficinas de veículos, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos

Serviços de segurança pública e privada

Construção civil e indústria

Meios de comunicação, empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens

Outros serviços: igrejas e estabelecimentos religiosos, lavanderias, serviços de limpeza, hotéis, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica e bancas de jornais

O que não pode funcionar na fase vermelha:

Academias

Igrejas e atividades religiosas

Salões de beleza

Cinemas

Teatros

Shoppings

Lojas de rua

Concessionárias

Escritórios

Parques

Clubes





Leia Também

Deixe um comentário Para "SP volta para a fase vermelha e segue..."